supermercado online

Qualidade de vida em casa: 4 hábitos que vão melhorar suas experiências rotineiras

Você não precisa agir de maneira tão diferente do trabalho em casa. Pelo menos é o que diz a palestrante e coach Whitney Johnson, que que considera muito viável e positivo usar comportamentos típicos do ambiente profissional para melhorar sua qualidade de vida em casa.

Essa teoria veio da vivência doméstica da norte-americana em sua posição de chefe de família. A palestrante e coach era habituada a não se preocupar com as atividades de casa, pois o seu marido era o responsável pelas mesmas. No momento em que ele passou a sair de casa para trabalhar, ela começou a se orientar para ter mais presença no seu lar e não permitir que seu ambiente doméstico se tornasse mais bagunçado que o seu ambiente profissional.

Para essa missão, Whitney Johnson passou a usar 4 hábitos de gestão que são que geralmente são utilizados nos escritórios. Veja essas dicas e comece a plicar na sua rotina para melhorar sua qualidade de vida em casa:

Eficiência

De acordo com Johnson, ela ganhou mais tempo para ter mais bons momentos com sua família a partir do momento que se tornou mais eficiente e passou a organizar suas atividades, conforme faz no escritório. O diferencial, ainda nas palavras dela, é tentar incluir tudo num planejamento, até mesmo eventuais surpresas, porque elas sempre acontecem.

qualidade de vida em casaConsulte os outros moradores da casa

Num cenário profissional, geralmente, decidir algo envolve primeiro se reunir, comunicar sua equipe sobre a ideia e ver o que os outros acham. Em casa não pode ser diferente. A coach ainda ressalta a importância de todos da equipe ouvirem e serem ouvidos para que você veja as situações de outras perspectivas. Isso inclui as crianças e adolescentes de todas as idades.

Estimule todos

Estimular todos da equipe é uma ação empresarial típica para auxiliar o crescimento do profissional nas técnicas e conhecimentos das quais ele é exigido, correto? A norte-americana propõe usar esse mesmo método em casa, medindo as habilidades e capacidades de cada um dos moradores. Cada um deve ler os resultados desse teste em voz alta e conversar sobre como um pode ajudar o outro.

Seja atencioso(a)

Whitney Johnson, no seu ambiente profissional, é chefe e é atenciosa com cada membro do seu time, porém viu que não aplicava o mesmo raciocínio no seu ambiente doméstico. Enquanto outras pessoas de sua casa falavam, ela dava respostas e conversava, usando o celular, por exemplo. Essa mudança de postura é traduzida em conversas cara-a-cara e outras ações. No final, ela se sentiu mais estimulada e com um vínculo mais profundo com as pessoas da sua família.

EASYMARKET SERVICOS DIGITAIS LTDA
CNPJ: 32.313.577/0001-40

Bitnami