Manutenção de ar-condicionado: uma dica que vale muito!

quenteSerá que você lembra qual foi a última vez que vocês fez a manutenção de ar-condicionado? Se mesmo depois de algum tempo pensando você não encontre a resposta, talvez seja o momento para você se preocupar com isso. Os prejuízos da falta de manutenção de ar condicionado são diversos! Esse descuido pode impactar na sua saúde e no valor da sua conta de luz.

Quando esse dispositivo junta muita poeira, podem contribuir para um ambiente com bactérias e microrganismos que prejudicam nossa respiração. Essas impurezas também dificultam o trabalho do seu aparelho, obstruindo o compressor e exigindo um esforço elétrico maior. Logo, fica a importante dica: a manutenção de ar-condicionado é uma atividade que merece atenção e deve ser feita periodicamente.

Prejuízos pra saúde – física e financeira – da sujeira

Um filtro sujo pode ser a origem de muitos problemas alérgicos, além de muitos outros problemas. Se um ar circula no cômodo da sua casa com uma grande concentração de sujeiras, problemas como rinite, sinusite, laringite e outros mais podem aparecer em qualquer morador.

Essas impurezas também podem causar um grande aumento na sua conta de luz. Com o filtro sobrecarregado, o compressor do seu aparelho, que é o responsável por deixar o ambiente fresco, vai demandar muito mais energia para realizar o mesmo trabalho. Além desse gasto expressivo de energia a mais, você ainda está sujeito a queimar essa peça do seu dispositivo. Viu como uma manutenção de ar-condicionado pode ser a solução mais barata?

Instruções para fazer a manutenção de ar-condicionado

Existem muitos modelos e marcas de ar-condicionado nas lojas. Entre todos esses, podemos dividir todos esses aparelhos em duas categorias: split e de janela.

Ambos tem sistemas de refrigeração semelhantes. O que os diferencia é a estrutura do aparelho: o split é separado em duas partes, uma fica na região externa da casa para jogar o ar quente fora e outra no ambiente que você quer deixar numa temperatura mais agradável. Esses dois dispositivos funcionam juntos por estarem conectados com um cabo de cobre.

manutenção de ar-condicionadoA manutenção de ar-condicionado dos modelos split e de janela são igualmente fáceis. É só você tirar a tampa da frente do aparelho e passe um pano seco para limpar esse painel externo. O filtro é removível e você pode lavá-lo com bastante água. Para finalizar, você pode aspirar o pó de regiões mais de difícil acesso do seu aparelho.

Depois de seguir esses passos para limpar seu filtro e colocando-o de volta, espere uns 15 minutos. Tendo esperado, acione o ar-condicionado em uma temperatura bem baixa e confira se a ventilação do seu aparelho está normal em intensidade e odor. Se tiver algo de diferente, considere chamar um profissional da área.

Especialistas da área recomendam que a manutenção seja feita mensalmente, ainda que o aparelho não tenha sido usado. No entanto, por precaução, agendar uma visita com um profissional, uma vez por ano. Algumas peças não devem ser mexidas por você na manutenção de ar-condicionado da sua casa, exigindo o manuseio de um profissional adequado com as ferramentas adequadas.

Veja mais 4 maneiras de gastar menos energia com o ar condicionado

1. Verifique o selo de consumo de energia no aparelho

Aposto que você já viu um selo de consumo de energia em diversos aparelhos, como geladeira e micro-ondas. Pois é, além de fazer a manutenção do ar-condicionado, procure o selo do Procel (programa Nacional de Conservação de energia elétrica), que é apoiado pelo Ministério de Minas e Energia. Neste selo, conseguimos encontrar uma série de informações, como o consumo de energia, de acordo com a categoria do aparelho, variando de A (os mais econômicos) até G (os que mais consomem energia). Logo, sempre que for comprar ou ar-condicionado ou outro aparelho, consulte o selo do Procel que é economia na certa!

2. Deixe as portas e janelas bem fechadas

Deixe todo o ambiente no qual o seu ar-condicionado está ligado bem isolado de correntes de ar e outros aspectos que conectam com a temperatura externa. Dessa forma, seu aparelho será mais eficiente e precisará de menos energia para chegar na temperatura programada. Logo, feche janelas e portas e evite outras formas que gerem calor no ambiente.

3. Instale seu aparelho em lugares adequados

Uma vez que você já o instalou, seu aparelho ainda exige atenção para alguns pontos. Primeiramente, a parte externa, mesmo ficando do lado de fora da sua casa, deve sempre estar protegida da luz solar, para que essa estrutura esquente o mínimo possível. Caso isso não seja possível, coloque uma lona térmica sobre essa parte do seu ar condicionado sem que obstrua os espaços de entrada e saída de ar.

Já a parte interna exige cuidados mais fáceis de serem aplicados. Além de ser a parte na qual você faz a manutenção de ar-condicionado, essa parte não deve ter nenhum objeto obstruindo sua passagem nem instalá-lo próximo ao chão para que o aparelho mostre o máximo da sua potência. Assim como a parte externa, essa deve ficar protegida do sol.

4. Prefira o aparelho com a função de programação

Cada vez mais, os modelos de ar-condicionado investem em novas funcionalidades e tecnologias para tornar a experiência de manter uma temperatura confortável a mais agradável possível. Entre essas funcionalidades, está a possibilidade de definir determinada hora para ligar e desligar o aparelho.

Tendo essa possibilidade e uma rotina, você pode programar para que ele ligue alguns minutos antes de chegar no ambiente e desligue um pouco depois de sua saída. Assim, você encontraria o ambiente já numa temperatura agradável e não correrá o risco de deixá-lo ligado.

Espero que tenha percebido como pode ser econômico manter a manutenção de ar-condicionado em dia! Outra atividade na qual podemos poupar muito dinheiro é nas compras de supermercado. Use a etanto e gaste até 20% menos com alguns cliques. Acesse e experimente!

Fonte: https://www.selecoes.com.br/economia/manutencao-de-ar-condicionado/

EASYMARKET SERVICOS DIGITAIS LTDA
CNPJ: 32.313.577/0001-40